Você está aqui

Pessoas em situação de rua de cidades do Brasil trocam cartas falando sobre a vida na rua, a esperança e o amor

Pessoas em situação de rua de cidades do Brasil trocam cartas falando sobre a vida na rua, a esperança e o amor

Muitas vezes as pessoas em situação de vulnerabilidade social só precisam conversar com alguém para se sentirem acolhidas. E, se essa conversa envolver outra pessoa que encara a mesma realidade, os frutos são ainda melhores. Foi essa a proposta de uma iniciativa criada pelo Projeto RUAS.

A ideia era que pessoas em situação de rua atendidas pelo projeto pudessem escrever mensagens para quem também vive nas ruas, mas em outro lugar. Segundo nos contou Deborah Barrocas, uma das fundadoras do projeto, a atividade começou na semana passada em Botafogo, no Rio de Janeiro, onde diversas pessoas atendidas pelo grupo escreveram suas mensagens. A ação foi realizada novamente nesta terça-feira, 17, desta vez no Leblon, onde todos leram as mensagens e começaram a se preparar para escrever suas próprias cartinhas.

“Todas as semanas fazemos atividades de informação, saúde, estímulo. E uma das ideias que surgiu foi um trem de mensagens para trocar entre os outros locais do projeto, porque atuamos no Leblon, Botafogo [RJ] e agora em Maceió, São Paulo e em breve Brasília.“, contou Deborah ao Hypeness através do Facebook. A proposta era que os grupos pudessem se conectar através das trocas de experiências.

 

[DADA A LARGADA] O trem Vitoria da Felicidade (nome dado por nosso querido atendido Siri) iniciou sua jornada ontem. Juntos, voluntários e atendidos prepararam mensagens de paz, amor e esperança para espalhar pelo mundo. O trem partiu para a proxima estação, que é a nossa ronda do Leblon! Após, seguirá para a região nordeste do país! O objetivo é conectar as pessoas que se encontram em situação de rua e voluntários de diferentes lugares. Em cada estação compartilharemos nossas mensagens, sonhos e desejos, numa viagem de solidariedade, compaixão, esperança e amor. Que o Trem siga por novos caminhos e espalhe coisas boas para todos que embarcarem nele! Venham viajar conosco! #1000forpeace #projetoruas #projetosocial #solidariedade

Uma foto publicada por Projeto RUAS (@projetoruas) em

O projeto deverá seguir levando as cartinhas para Maceió (AL) pelos Correios, permitindo que as pessoas em situação de rua de diferentes regiões do país possam conversar entre si. Deborah contou ainda que a maioria das mensagens enviadas são de estímulo, motivação e força, tanto entre pessoas em situação de rua quanto entre os voluntários do projeto.

Leonardo Gialuissi, coordenador que organizou a dinâmica, contou ao Hypeness que o projeto foi inspirado em uma iniciativa da ONG internacional ATD Quarto Mundo. Com base na França, a ONG possuía um braço brasileiro, a Brasil pela Dignidade. Para conectar crianças que viviam abaixo da linha da pobreza em diferentes partes do mundo, havia sido criado um projeto que ficou conhecido como cartas tapori.

Já o projeto do Ruas “tem a intenção de ligar as nossas rondas, os nossos trabalhos e trocar experiências entre os voluntários e as pessoas em situação de rua mandando mensagens positivas, de paz, de amor ou questionamentos também.“, explica ele, mostrando que finalidade do trem continua sendo trocar experiências entre pessoas que estão na mesma situação.

@Fonte: Hypeness

Comentários