Você está aqui

Laboratório popular no Rio de Janeiro realiza exames por 5 reais

Laboratório popular no Rio de Janeiro realiza exames por 5 reais

O espaço oferece exames de sangue a R$ 5, sem a necessidade de prescrição médica

Essa iniciativa foi tomada pelo empresário italiano Marco Collovati dono da empresa de diagnósticos OrangeLife, que trabalha com no combate de doenças infecciosas, negligenciadas e sexualmente transmissíveis.

Formado em medicina na Itália, Marco Collovati, deixou sua cidade natal rumo ao Brasil com desejo de ser um cirurgião plástico famoso, porém, contraiu uma doença negligenciada – doenças causadas por agentes infecciosos ou parasitas e são consideradas endêmicas em população de baixa renda -, e foi acolhido por uma moradora da favela do Pavão-Pavãozinho, no Rio de Janeiro. A partir daí a OrangeLife começou a tomar forma, que hoje em dia, realiza diagnósticos de forma rápida, tudo por meio de uma gota de sangue que ajuda no diagnóstico de hanseníase, tuberculose, dengue e aids.

Com intuito de promover o acesso à saúde, surgiu o  Laboratório Sangue Bom, que tem como objetivo oferecer à população a possibilidade de realizar exames básicos laboratoriais, com custo acessível, qualidade e agilidade.

Segundo a Revista PEGN, Collovati planeja faturar R$ 8 milhões com o négocio, pois atende os dois públicos: pessoas que utilizam o sistema público e de convênios particulares.

Com auxílio da tecnologia, o laboratório utiliza aplicativos para smartphones e tablets que ajudam na solicitação de serviços e conferir resultados depois de realizados.  

Comentários