Você está aqui

Agricultores e governo na Índia se unem para plantar algodão orgânico fazendo uma multinacional perder bilhões

Agricultores e governo na Índia se unem para plantar algodão orgânico fazendo uma multinacional perder bilhões

Após ser acusada de manipular e infringir leis trabalhistas no mercado de agricultura e ser responsável por 300 mil suicídios de agricultores devido a ganância e exploração, a multinacional Monsanto, empresa do ramo de agricultura e líder mundial em produção de sementes geneticamente modificadas, vem perdendo bilhões com a produção de algodão na Índia.

Vendo essa situação, o governo indiano decidiu promover a utilização de sementes locais orgânicas e empurrar a empresa para fora do país, assim estimulando a produção local.

Segundo o site Hypeness, só esse ano a Monsanto já perdeu em torno de 75 milhões de dólares em royalties na Índia, que á o maior produtor de algodão do mundo. Sua produção caiu em 50% desde que as marcas de moda começaram a optar por alternativas verdes, ou seja, a opção que a empresa não oferece ao mercado.

Com a produção local de algodão, o governo indiano tem como objetivo demonstrar os benefícios da produção de BCI (Bettler Cotton Iniciative – algodão produzido com menos consumo de água e produtos químicos), além de reduzir o impacto do cultivo no meio ambiente, promover relações justas de trabalho para comunidades agrícolas e estimular a troca de informação global para produções algodoeiras sustentáveis.

@Fonte: Hypeness

Comentários